Atendimento/Televendas

  • (11) 3583-0450
  • WPP: (11) 96356-0323

Doenças comuns transmitidas por pulgas e carrapatos

Pulgas e carrapatos podem causar mais do que uma pequena irritação no seu pet. Entre as doenças que podem ser transmitidas estão a tularemia, a doença de Lyme e até a peste.

Cão

Além de levar seu pet para o veterinário uma ou duas vezes por ano. E alimentá-lo com uma dieta saudável. É muito importante agir na prevenção de pulgas e carrapatos, já que essas pragas podem transmitir algumas doenças graves.

Doenças transmitidas por carrapatos

Doença de Lyme

Entre as doenças transmitidas por carrapatos está a doença de Lyme. Os sintomas são febre, perda de apetite e letargia. Se não for tratada, pode levar à doença renal grave. 

Citauxzoonose

A citauxzoonose é uma doença comum transmitida pelo carrapato que geralmente afeta gatos. Os sintomas podem incluir depressão, anemia, febre alta, icterícia, e dificuldade em respirar. Infelizmente, os tratamentos são em grande parte ineficazes e a morte pode ocorrer apenas sete dias após a infecção. 

Hepatozoonose Canina

A hepatozoonose canina é causada pela ingestão de um carrapato e não por picadas. A hepatozoonose canina pode levar a uma infecção grave, por vezes fatal, que produz sintomas como febre alta, rigidez, dor, perda de peso e músculo. Mesmo que seu cão se recupere, ele ainda pode precisar de tratamento continuo vários anos após o tratamento.

Tularemia

A tularemia afeta mais os gatos do que os cães e pode levar à febre elevada, inchaço dos gânglios linfáticos e abscessos. Em cães, a doença pode causar depressão, perda de apetite e febre baixa. Não existe vacina para esta doença, mas pode ser tratada com antibióticos.

Doenças transmitidas por pulgas

DAPP – dermatite alérgica a picada de pulgas

A DAPP está entre os problemas mais comuns causados pela picada da pulga. Picadas de pulgas podem causar irritação e inchaço no local da picada, mas, em casos de DAPP, a reação é muito mais forte. Esta condição é causada por uma reação alérgica à saliva da pulga, não apenas à picada. Os sintomas podem incluir coceira intensa e inflamação na pele do animal. 

Doença do arranhão do gato

Cerca de 40 por cento dos gatos terão a doença do arranhão do gato em algum momento de suas vidas. A transmissão de um gato para outro ocorre através das pulgas. Esta doença pode causar fadiga, dores de cabeça e febre em seres humanos.

Peste

Outra doença espalhada por pulgas é a peste. Esta é a mesma doença que matou cerca de 30% da população europeia durante a Idade Média e ainda pode afetar animais de estimação hoje, embora seja atualmente incomum em humanos. Pode causar febre, inchaço dos gânglios linfáticos, e até morte súbita do seu pet.

Tênia

Além de transmitirem a peste, as pulgas também são vetores da tênia. Se o seu cão ingere uma pulga que está carregando vermes ele pode se infectar e ter sintomas como perda de peso, irritação e vômitos.

Prevenção

Como sabem, pulgas e carrapatos podem espalhar algumas doenças muito perigosas. Felizmente, a prevenção de pulgas e carrapatos é, na verdade, bastante simples. Tratar seu cão ou gato com um medicamento preventivo tópico todos os meses costuma ser suficiente para manter estas pragas sob controle. Tenha em mente que pulgas e carrapatos podem afetar o seu cão em qualquer época do ano, mesmo durante o inverno. O segredo para proteger o seu animal de estimação contra doenças perigosas é se manter consistente em seus métodos de prevenção de pulgas e carrapatos. Mantenha-se atualizado quanto às opções de prevenção tópica. E nas consultas de rotina, sempre peça ao veterinário que verifique se há carrapatos ou pulgas em seu pet. Se suspeitar de algum problema com pulgas ou carrapatos, entre imediatamente em contato com seu veterinário.

Telefone
WhatsApp