Atendimento/Televendas

  • (11) 3583-0450
  • WPP: (11) 96356-0323

Plantas perenes: lindas flores para cultivar em seu jardim

Flores

As plantas perenes são ótimas opções para embelezar seu jardim.  Além de serem lindas podem viver mais de dois anos sem que suas folhas caiam. Confira nossas dicas abaixo e conheça algumas dessas plantas.

Áster

Áster

A Áster é uma planta perene parecida com a margarida com flores em forma de estrela. Adiciona uma cor agradável ao jardim no fim do verão e outono, quando muitas das outras flores estão enfraquecendo.

Existe 600 ou mais variedades da Áster, dessa forma a altura da planta pode variar desde 20 cm até 2,5 metros, dependendo do tipo

Plante em um local totalmente ou parcialmente ensolarado em solo argiloso e com boa drenagem.  Mantenha as novas plantas úmidas e continue a regar até que terminem de florescer.

Ao cuidar da flor, regue a base e não borrife a folhagem. Água ou fertilizante nas folhas pode estimular oídio e outras doenças fúngicas.

A folha orgânica pode conter umidade e fornecer nutrientes à medida que se decompõe. Aplique a alguns centímetros da caule da aster, mas não diretamente nela. Fertilize a flor em crescimento com uma vegetais equilibrados cerca de uma vez por mês.

Flor de Cone

Flor de cone

A Flor de Cone geralmente cresce quase 1 metro de altura e floresce no início do verão até o outono. É a preferida das borboletas e serve como flor de corte para buquês interiores.

Para o plantio, prefira solo argiloso em pleno sol ou sombra clara. A planta se desenvolve melhor com umidade adequada, mas consegue tolerar a seca. Suas raízes são profundas e guardam um pouco de água para usar em tempos de seca.

Coreópsis

Coreópsis

A Coreópsis é uma planta que mantém uma cor duradoura de verão após a maioria das flores perenes desvanecerem no jardim. Pode ser de período anual ou perene e ter uma variedade de tamanhos. Coreópsis em crescimento são parecidas com a margarida. As cores das pétalas incluem vermelho, rosa, branco e amarelo, muitos com centros marrom escuro ou marrom, o que causa um  contraste interessante com as pétalas.
Semeie em local bem ensolarado. Sementes de Coreópsis precisam de luz para germinar, por isso cubra levemente com solo ou perlita, ou apenas pressione as sementes em solo úmido. Mantenha as sementes regadas até a germinação que geralmente ocorre em até 21 dias.
Uma vez que as flores estiverem estabelecidas, remova flores desbotadas de plantas em crescimento  para o desenvolvimento de mais flores. É necessário a rega ocasional durante a seca extrema, juntamente com a remoção das flores desbotadas. A fertilização da planta em crescimento não é necessário, e excesso de fertilizante pode limitar a produção da flor.

Astromélia

Astromélia

A astromélia cientificamente chamada de Astroemeria Hybrida e também conhecida como Lírio Dos Incas é uma flor perene semi-resistente que está disponível em uma grande variedade de cores, entre elas estão branco, rosa, roxo, salmão, vermelho, laranja e amarelo. Elas ficam ótimas em um buquê interior.

A planta precisa de muito espaço, pois pode tornar-se invasiva. Quando está madura pode crescer até 1,2 metros de altura e 60 cm de largura. Plante os rizomas em solo ligeiramente ácido, bem drenado, a uma profundidade que seja três vezes a sua altura e 30 centímetros de distância. Se você tem solo arenoso, plante os bulbos 5 cm mais fundo. Alterar o solo com material orgânico dará aos rizomas muitos nutrientes. A flor prefere um pouco de sol a cada dia e tolera locais com sombra, especialmente em climas muito quentes.

Forneça muita água, mas não exagere. É possível também adicionar um pouco de folhas durante a primavera para proteção e para ajudar com a retenção de umidade. Se as plantas secarem, corte-as para 10 cm.

Miosótis

Miosótis

A flor Miosótis ou Não-me-esqueças cresce em caules altos e troncos vilosos que às vezes atingem 60 cm de altura.  É um flor azul, charmosa e de cinco pétalas com centro amarelo. Pétalas de flores às vezes são cor-de-rosa. A planta muitas vezes cresce perto de ribeiros e córregos e outras massas de água que oferecem alta umidade e orvalho desejável para a espécie. A flor se espalha facilmente, se auto-semea livremente para que mais da flores silvestres cresçam e floresçam em lugares sombrios, onde as pequenas sementes possam cair.

A Miosótis cresce melhor em uma área úmida e sombria, mas pode adaptar-se ao sol pleno.
Os cuidados com a flor incluem removê-la de espaços indesejados. Pois por ser capaz de semear a si mesma pode invadir áreas planejadas para outras plantas. Opte por usar a Miosótis em áreas molhadas demais para suportar a raiz de outras flores. Regue as Não-me-esqueças plantadas em áreas mais secas.
Opte por uma área sombria e arborizada. Este local permite a retenção de sombra e umidade necessárias para o melhor desempenho desta flor silvestre. É possível também plantar próximo a uma lagoa sombria ou área de pântano, pois a planta gosta da umidade.

Lavanda

Lavanda

A lavanda é uma planta herbácea comumente cultivada e popular por ter um aroma perfumado. Esta planta se dá bem em locais quentes e secos, tornando-a adequada para uso em uma variedade de cenários paisagísticos e uma excelente candidata para áreas propensas à seca.

Cultivar lavanda não é difícil desde que você forneça o que precisam. Embora a planta tolere diferentes condições de cultivo, ela se desenvolve mais em locais quentes e ensolarados, e em solo com boa drenagem. Além disso, um solo alcalino rico em matéria orgânica pode incentivar uma maior produção de óleo vegetal, aumentando sua fragrância. Como a lavanda é nativa de regiões áridas, ela não tolera locais úmidos. Deve estar localizada em áreas com drenagem adequada e dispostas suficientemente longe uma das outras para garantir uma boa circulação de ar. Isso ajudará a diminuir a chance de ocorrer apodrecimento da raiz.

A planta deve ser regada regularmente no início do plantio, mas precisa de pouca água quando estiver estabelecida, já que é extremamente tolerante à seca. Costuma levar até um ano ou mais antes de estar pronta para a colheita. No entanto, uma vez que esteja pronta, o melhor é colher bem no início do dia, colhendo picos de flores que ainda não desabrocharam completamente.  Agrupe as plantas e as pendure de cabeça para baixo em uma área seca e escura por cerca de uma a duas semanas.

É possível plantar dentro de casa também. No entanto, certifique-se de que as plantas podem receber bastante luz e temperaturas altas. Regue apenas quando estiverem significativamente secas e não as fertilize.

Casa E Jardim

Ver todos os produtos

Telefone
WhatsApp