Atendimento/Televendas

  • (11) 3583-0450
  • WPP: (11) 96356-0323
  • Soro Antitetânico Vencofarma
  • Foto ilustrativa

Soro Antitetânico Vencofarma

Produto indisponível no momento
Formas de pagamento
  • Referência:

Bula

INDICAÇÕES
Para profilaxia e tratamento do tétano causado por Clostridium tetani.

APRESENTAÇÕES
Caixa de papelão contendo 20 frascos ampola de vidro contendo liofilizado correspondendo a 5.000 UI, acompanhados de seus respectivos diluentes.
 
COMPOSIÇÃO DO PRODUTO
O SORO ANTITETÂNICO é um pó liófilo composto de imunoglobulinas de origem eqüina purificadas e concentradas obtidas da hiperimunização de eqüinos normais com toxina e toxóide tetânicos, e adicionado de 0,35% de fenol como preservativo.
 
DOSES E MODO DE USAR
Profilaxia: Em casos de ferimentos ou intervenção cirúrgica aplicar 5.000 UI (1 frasco) por via subcutânea ou intramuscular.
Tratamento: Nos animais com tétano já declarado, aplicar de 100.000 a 200.000 UI, conforme indicação do médico veterinário.
 
CUIDADOS E PRECAUÇÕES
Não há contra-indicações.
 
OBSERVAÇÃO
A proteção conferida pela inoculação do soro é passageira não se prolongando além de dez dias. Se persistir o perigo de infecção tetânica, torna-se necessário repetir a dose profilática. Nos casos de ferimentos ou intervenções cirúrgicas (castração e outras) é de vital importância tomar todos os cuidados com a assepsia do ferimento ou campo cirúrgico e também a utilização de antibioticoterapia para neutralizar o bacilo tetânico. O soro age apenas contra a toxina circulante e se o bacilo não for devidamente neutralizado, quando o titulo do soro na corrente sanguínea baixar, o tétano aparecera de forma irreversível. Nos animais com tétano declarado, levar em consideração que a produção de toxinas varia de caso e o soro neutraliza apenas a toxina circulante sendo necessário, de acordo com a avaliação do médico veterinário, a administração de doses suplementares no decurso do tratamento. Tem fundamental importância no sucesso do tratamento a administração de medicamentos que controle a sintomatologia nervosa (barbitúricos) e cessem a produção de toxina debelando a infecção (antibióticos, anti-sépticos locais). Na soroterapia de felídeos, considerar a alta sensibilidade dos mesmos à presença do fenol, utilizado neste produto como preservativo. Podem ocorrer reações anafiláticas, neste caso, aplicar cloridrato de adrenalina.
 
CONSERVAÇÃO
Conservar à temperatura ambiente (temperatura 15 ºC e 30 ºC).
 
ATENÇÃO
Manter este ou qualquer outro medicamento fora do alcance de crianças e animais domésticos.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO E APLICAÇÃO SOB ORIENTAÇÃO DE MÉDICO VETERINÁRIO.

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.


Telefone
WhatsApp