Atendimento/Televendas

  • (11) 3583-0450
  • WPP: (11) 96356-0323

Remédios para pulgas e carrapatos: Tratamento tópico ou oral?

Pulgas e carrapatos não são apenas um incômodo, são também uma ameaça real para a saúde do seu pet. Cães e gatos que não forem tratados com medicação antipulgas e carrapatos, seja da forma tópica ou através de comprimidos, podem sofrer desde dermatite alérgica (que faz seu animal morder e arranhar a si mesmo e as vezes até perder seus pelos) até a solitária.


Cão


Uma única pulga fêmea pode produzir até 2.000 ovos nas suas três semanas de vida. Então, um cão pode ser infestado muito rapidamente.

Picadas de carrapatos são ainda mais perigosas. Uma única picada pode transmitir a doença de Lyme, febre maculosa, tularemia, erliquiose, entre outras doenças. Sinais e sintomas de doenças transmitidas pelo carrapato podem levar desde 7 a 21, ou até mais dias para aparecer.

Por sorte, há muitos tipos de medicamentos antipulgas e carrapatos disponíveis para impedir que estas pragas habitem em seu cão ou gato . O tratamento eficaz mais popular é a aplicação mensal de um medicamento tópico.

Uma nova medida preventiva são comprimidos antipulga e carrapato. Está curioso sobre quais dos métodos pode funcionar melhor para seu pet?

Abaixo algumas características de cada tipo de tratamento:

Tratamentos Orais

Tratamentos orais podem ser mastigáveis ou em pílulas. Eles são ingeridos pelo seu pet, em vez de aplicados ao seu corpo. O remédio é transmitido para pulgas adultas quando elas picam seu pet. Há diferentes substâncias químicas ativas usadas em diferentes medicamentos antipulgas e carrapatos. Alguns deles duram alguns dias e outros até um mês.

Tratamentos Tópicos

Medicação tópica é geralmente aplicada na omoplata do cão para evitar que ele passe a língua no produto. A maioria das medicações tópicas duram um mês. Alguns medicamentos tópicos não apenas matam os carrapatos e pulgas mas também os repelem.

Eficácia

Alguns donos de pets reclamam que medicamentos antipulgas e carrapatos não funcionam tão bem quanto anunciado, mas veterinários e produtores de medicamentos disseram que esses produtos são eficazes quando usados corretamente.

Os problemas podem surgir quando ocorrem erros nas aplicações ou se tem expectativas irreais sobe o tratamento. Pulgas se reproduzem tão rapidamente, que quando você encontrá-las no seu cão, já podem estar na segunda ou terceira geração. Isso significa que no momento que você começa a tratar seu pet você vai ter uma quantidade enorme de biomassa de pulgas em sua casa, larvas e pupas de pulgas. Pode levar desde três semanas ou vários meses para esse processo seja concluído.

Um estudo parece apoiar os veterinários e os fabricantes de produtos antipulgas. O estudo durou 90 dias e descobriu que os tópicos tiveram uma eficácia de 88.4%, enquanto que tratamentos orais tiveram 99.9% de eficácia. 128 cães de cinco estados participaram do estudo.

Qualquer que seja sua escolha em tratamento, é importante que seu veterinário tenha aprovado a compra do medicamento e que você compre de uma empresa idônea. Também é importante considerar tratamentos para dirofilariose. Se a medicação escolhida não protege contra dirofilariose, certifique-se de conversar com seu veterinário sobre como proteger seu pet.

Se estiver na dúvida sobre qual tratamento é o melhor, por favor consulte seu veterinário. Ele vai se certificar de fornecer ao seu pet o tratamento mais adequado.


Aqui na Casa do Fazendeiro você encontra variedade de remédios para auxiliar no tratamento e combate de pulgas e carrapatos, seja para tratamento tópico ou oral (comprimidos). Consulte nossas ofertas em antipulgas e carrapatos.

Telefone
WhatsApp